sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

Me empreste um pouco de Você

Faz muito tempo desde a última postagem, quando escrevo isso falo a mim msmo... este blog nunca foi divulgado até o momento, não criei-o para isso... Tanto tempo já passou, nem tanto assim... muita coisa aconteceu, mas ao certo nada mudou tanto assim a ponto de causar alguma estranheza. Posso ver novos rostos e, com algum esforço, revejo também faces antigas. Ainda estou longe de ter o que quero, mais longe ainda de saber o que realmente quero. Sei do que preciso, e só.
Reclamo muito de tudo o tempo todo, não sei porquê. Queria saber se é normal agir assim. Já não sou mais tão criança, mas jovem de mais pra ter alguma certeza.
Tenho planos e metas, e infinitas dúvidas.
Tenho me divertido ultimamente, até sorrir tenho conseguido, mas me parece que vai começar tudo de novo.
É estranho percorrer um caminho desconhecido, por mais florido que seja o acostamento ainda há pedras na estrada, e uma porção de curvas que não me permitem ver o horizonte.
O tempo todo preciso de um ombro pra me apoiar, mas nem sempre encontro algum.
Preciso de uma mão, de um abraço, de um afago, de um ouvido, de alguém, alguém que possa me emprestar tudo isso. É, isso mesmo, me emprestar, basta alguém que me possa emprestar, não quero que me dêem nada, mas se puder me empreste, prometo devolver tudo o que me for emprestado, prometo cuidar como a coisa mais valiosa do mundo, por que assim é. Sei que nada é pra sempre, aprendi isso por experiência própria, todo mundo aprende.
Ainda há muito para conhecer, aprender, temer... mas não espero nunca me arrepender, não por ter feito, talvez por não tê-lo feito, talvez...

Meu sorriso vem brando, o mais largo que consigo disfarçar, pra que possa esconder atrás dele, as lágrimas que ainda hoje regam as flores mortas dos jardins internos da minha alma.
Minhas asas estão cansadas, mas estou sem tempo pra descançar...
Não esqueça do que preciso, e se puder, me empreste...
Acaricie, agora e sempre, minhas asas.

Marcelo Rutshell

13 comentários:

auryn disse...

Apesar de nosso jeito de escrever ser copletamente diferente, consigo me identificar muito com certas palavras tuas ^^
Pode ter certeza, querido, que meus olhos estarão sempre dispostos a um empréstimo cheio de atenção, preocupação, e imensa vontade de te ajudar e te ver bem..
Apesar de não termos grandes oportunidades de um abraço sincero e/ou consolador, me sinto próxima de ti ^^
Não queria dizer pra não parecer cartaz, mas rezei por ti qd tava na praia..Tava na frente do mar e lembrei de algumas pessoas q estão "longe" do físico, mas estranhamente perto da alma :)
e tu foi uma delas !!!
Um beijo enorme

thays disse...

adorei as palavras, até parecia que eu estava lendo legião. Nao falo isso pra agradar, talvez pensei isso pois estava ouvindo ele na hora, ou ele me lembrou de ti, porque sempre lembra.
Até me surpreendi ao ler a parte em que tu pede coisas emprestadas, pois quando eu ofereço companhia pra essa pessoa que escreveu seus sentimentos nessas lindas palavras, ela sempre rejeita. mas independente desses acontecimentos, eu digo que já pode escrever um livro.
um bejão de alguém que te admira muito e tá sempre aqui, mesmo sabendo que ao oferecer sua companhia ouvirá desculpas do porque nao aceitas.
Tu jamais será substituível

Ana Paula disse...

bah meo fiko afuu.. ameii mesmo...
a forma ki tu usa as palavras 10 continua assim meo!!!

bjokas

JENNYnh@ disse...

Bah Marcelinhoooo...

Não sei se tree...afu...legal...são palavras certas...acho q é muito mais q isso.
Mas uma coisa EU posso dizer q tu tem TALENTO!!!

Preciso de uma mão, de um abraço, de um afago, de um ouvido, de algm, algm q possa me emprestar tudo isso. É, isso mesmo, me emprestar, basta algm q me possa emprestar, nw qro q me deêm nada, mas se puder me empresta, prometo devolver tudo o q me for emprestado, prometo cuidar como a coisa mais valiosa do mundo, por q assim é. Sei q nada é pra sempre, aprendi isso por experiência própria, todo mundo aprende.

*Pra mim isso é tudo!!!

Fez Eu pensar refletir enfim me identifiquei muitooo mesmo!!!

*Pra mim vai ser sempre um prazer ler e comentar oq tu escreve:)

Lillian Kelly disse...

Marcelo :D
Nossa por um segundo parecia estar lendo algo escrito pelo Renato Russo.
Tuas palavras dizeem tudo,e teem mais no momento em que eu a li eu estava escutando TEATRO DOS VAMPIROS ,me senti nos ceús.
aaaah,qando precisar de um abraço amigo ou qe te empreste a minha atenção,podes contar comigo ;x
Que Deus te ilumine sempre e qe te dêe muita sabedoria.
e sempre que tiver um texto novo me manda pra mim ler e comentar,adorei mesmo.
beijos

rodrigo_asd182 disse...

o q vc precisar eu empresto pra vc!!
isso é tudu muito lindu!!!
amei...
obrigadu por gostar de min ao ponto de me mostrar isso!!
ass:Kimberly Rickes

gabrielly carolinne disse...

muito lindo esse!!!!!!!!!!
a tristeza q pesa no texto é justamente o q faz dele pra mim o melhor!!!!!!!!!!!!!
a necessidade de encontrar a alma.
as tristezas q sua alma carrega!!!!!!!!!
parabens!!!!!!!!!!

Bruna disse...

amei...n sei cm fax isso mais
me deixa sentimentalmenti emocionada lendu sl adoro parece que m fax percorrer meus pensamentos lendo uq escreves... lindo i incrivelll... ahh e lendoo soh consegui pensar em uma frase p vc ..." te empresto sim " ..
bjinhux minha paixaumxinha""...

Gabi disse...

Nossa!! Sabe q eu não conhecia esse teu lado poeta? Muito lindo Marcelo! Parabéns! Acho que isso é um dom sabe... cada um se expressa d um jeito... mas tuas palavras, nossa.. verdadeiro poeta! Toca no fundo do coração! E olha q eu nem gosto mtu de ler viu... Mas é impossível não se prender! Já pensou em escrever um livro?? Eu apoio! Corro contigo atrás de patrocínio!! :-) Bju querido. Saudades..

diego disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
stefanny herbert disse...

eu li ta (h)
mt interessante tudo isso, linda a forma que tu usa as palavras *-*

stefanny herbert disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruna Ongaratto Eccel disse...

Muito bonito, gostei das tuas palavras! tenho um blog também.. não costumo divulgar, escrevo tipo tu, coisas que sinto.. alguns poemas. da uma olhada la se quiser!
bjo